sábado, 18 de abril de 2009

Homens de TPM

Sexta-feira santa não é dia de sair pra badalar, ouvi dizer. Vai ver que foi por isso que me dei tão mal na última. Não era bem uma balada. Era só um encontro casual com meu forrozeiro cativo (atualmente sem um nickname bloguísitico). Mal sabia eu que ele estaria de TPM e que o mundo estava prestes a desabar sobre a minha cabeça.

O que acontece quando uma mulher está de TPM? Não se gosta, se sente deprimida, preocupada, sensível, desanimada, a última criatura do universo. Foi assim que meu forrozeiro estava na sexta-feira da paixão. Aliás, paixão não tivemos. Tentei reanimar, brincar, aconselhar, consolar, mas meus encantos estavam sem efeito naquele dia.

TPM masculina. Quanto tempo dura a nossa? Uma semana? Se a deles for igual, já está na hora de acabar. 7 dias e apenas uma aparição no meio da semana. Aparição explicativa - ele continuava igual. O que pensar? O que fazer? Ou melhor, fazer? Esperar? O que ou pelo que?

Estou agora no lugar de um homem que sofre a TPM da esposa, mãe, irmã ou filha. Mas não saio de casa pra tomar uma cerveja. Reajo como uma mulher: choro. Esperneio. Questiono minha existência. Ou a dele em minha vida. Procuro explicações. Cogito tomar decisões. Crio expectativas. Tenho vontade de desistir. E de ir atrás. Enlouqueço!

8 comentários:

Se ferrando na Balada disse...

He´s just not that into you...

Babi Freitas disse...

Enfim, que se joga demais pode se quebrar demais... sabe oq eu penso, né?!

beijos
;)

ps: larga esse moço de mão, teeeem tantas opçoes por ae bem mais interessantes e interessadas!

DanyZinha disse...

If he's just not that into me, then why cant he have the balls to dump me?

E pra vc mocinha, ja sei o q vc pensa. Mas vamos conversar de novo qdo vc gostar de alguem, ok?

Babi Freitas disse...

Por aqui noix sofre, mas noix larga de mão tb!

;)

Ivy disse...

Dany, como eu disse, tudo pode ser. Mas o mais provável é que ele é mais um que não sabe dizer que não quer mais. That shit relly happens. Já aconteceu comigo.

Outra coisa, talvez se você desse um tempo nessa opção de reagir como "Dany" (eu não diria como uma mulher) e decidisse sair para tomar umas cervas seja lá com quem for. Talvez além d evc desencanar do assunto, um outro gajo apareça.

Beijos, stoy na torcida.

DanyZinha disse...

Vc consegueria "largar de mao" se fosse com o seu gajo?
eu to tentando, nao to fazendo nada... soh to sofrendo calada...!

Diario de Bicicleta disse...

Dar um tempo é tudo que se precisa...

Ivy disse...

Dany,não se trata disso!De largar de mão...Não seria meu conselho se ele fosse seu gajo mesmo, como foi o Daniel...
Só isso!Mas enetendo que vc esteja se sentindo mal e chateada... Só acho que o momento dele já era.Que não merece isso tudo de vc não...