terça-feira, 28 de abril de 2009

Eles se acham!

Semana passada a Loira comentava comigo como tem homem que se acha importante! Eu concordei, claro, ficamos relembrando casos atuais e suas ocorrências de megalomania, mas hoje, vi de perto um comportamento de um homem acuado. Um homem que se achava O IMPORTANTE e hoje notou que não tem tanta importância assim.

Eis que tem um co-worker meu, um certo semi-italiano. "Me estranhei" com ele umas duas vezes e um certo dia eu levei um belo bolo dele. Fiquei indignada, dei gelo nele, falei poucas e boas - como qualquer mulher! - e ele veio todo "cãozinho arrependido" pedindo desculpas e prometendo nunca mais fazer isso. Acontece que na época eu ficava com ele, mas agora a situação é totalmente diferente...!

Como já dito nesse blog, andei rodopiando meu corpinho com um sansei forrozeiro e caí na armadilha. Enfim, escolhi alguém para onde voltar às minhas atenções e embora não tenha dado certo, ainda é nele que penso quando ponho a cabeça no travesseiro. Agora, ele é o importante.

Semana passada, chamei o gêmeo-mau para ir na ARUN comigo, e ele alegou insuficiência financeira. Como fiquei sem date para a ocasião, encontrei o italiano sem fazer nada e resolvi convidar. Ele topou, mas não apareceu. Se fosse há um mês atrás, talvez eu tivesse ficado bem chateada, mas na verdade eu não dei a mínima.

O comportamento do gajo desde então tem sido semelhante ao de uma criança que aprontou alguma e está com medo de que alguém descubra. Ontem, ao entrar na sala dos professores, ele estava lá. Dei um OI generalizado para todos e não ouvi a voz dele respondendo. Continuou com a cabeça baixa, provavelmente com medo de alguma represália. Deve ter achado estranho o fato de que eu não disse nada, e depois veio me cumprimentar individualmente. Ao que respondi com um sorriso no rosto como quem não lembra do que aconteceu - ou não aconteceu! - no FDS.
Hoje, ele veio todo carino:

- What's up?
- Nothing!
- What are you up to?
- Nothing!
- Você tá chata hoje ein?
- Hahaha nada mesmo... só tô começando a ficar gripada!
- How have you been?
- Good!!

Aí, relutante, ele arriscou um:

- How have you been on weekends?
- Always partying!

Foi a minha resposta. Com um sorriso e um tchauzinho, fui dar aula. Ele deve ter ficado sem entender porque não reclamei a ausência dele ou até mesmo o fato de ele não ter ligado pra avisar que não iria.

Só tem uma explicação: você não é tão importante assim!

7 comentários:

Rodrigo disse...

ta certisssima....

Caras q se dao muita importacia naum dao valor as outras pessoas, principalmente as mulheres...

Ele tem q saber o lugar dele...

Babi Freitas disse...

Conheço um exemplar que deve se achar o ser o importante da minha vida!

Aliás disse para um deles, esses convencidos a importante, dias atrás..."não se preocupe, vc nao é tao importante assim"

A reaçao foi de mta revolta e eu ri horrores!

Acho que maior parte da culpa é nossa, que falamos mais que a língua e aparentamos algo que nao sentimos de fato, se o semi italiano fosse assim tao importante vc nao teria 1o se envolvido com o sansei, quiçá nao teria reclamado a ausencia dele no 1o bolo! Só pra na dar pinta de apx...

Enfim, sur quoi parle-t-il?
J'sais pas, il n'est pas important il!

;)

Ivy disse...

Falou tudo Babi,nem preciso mais postar uma angustiazinha minha...
Somos culpadas mesmo quando: ou fazemos o homem se achar importante, ou fazer o importante se acuar com nossas línguas grandes!
Tava pensanso que tenho falado um bocado de coisa nada a ver, feito cara de merda, por algumas coisas que nem eu sei o que são.
hehehe
doidas pirada e malucas.esse deveria ser o nome do blog!

Reportando ao post da Dany:

- HAHAHAHA.
Queria ter visto a cara dele e o balãozinho de pensamento em cima de su cabeza!

DanyZinha disse...

hahahauauauauauhe
pois foi mais ou menos isso msm, o Balãozinho na cabeça hahaha

Vcs tem razão, nossas grandes linguas, que CHACAL!

Mari disse...

She's just not that into him!

=*~

DanyZinha disse...

hahahauauahe
arrasou no comment, Mari!

Kérow disse...

UUUUH! tem homem q se acha a ultima coca cola mesmo! Prepotência é uma coisa super complicada! iuiUHIUAHIUAH