domingo, 12 de abril de 2009

Apontando para o céu

Logo de manhã, a Ruiva me aborda no msn. Eu já sabia que coisa boa não podia ser. Conversa vai e conversa vem (sim...fofocação PIOR do que os dias de aula da louca do passarinho) e o que eu já suspeitava era verdade. HOMEM.
Porque as pessoas insistem em sofrer por outras pessoas? Natural que doa o ego pela humilhação causada pelas coisas daquele que DOI mais: o coração, mas filhadaputagem e loucura pra mim têm limite. O que eu fiquei sabendo da parte da Ruiva foi demais. Foi um momento meio :" O.O COMO ASSIM, MEU? EU, HEIN!" O que me preocupava era o fato de que ELA sim, a baladeira estava disposta a deixar de badalar por causa de um causo mal resolvido. Não admito! Entendo, mas não concordo. SAIREMOS A CAÇA!
PRATIQUE O DESAPEGO!
Lá chegando, a Ruiva num baixo astral danado, SALVO pelo o velho e bom batidão. O que funk não faz com as pessoas? A Ruiva e a Delicada (sim, me auto-intitulei a DELICADA - piadas a parte) levantando os braços, sacudindo e apontando pro céu: "Tô na pista pra negócio!"
Vi que as coisas começavam a melhorar. Fui barrada na entrada por um merdinha que disse "Não parece você aquii na foto da sua carteira de MOTORISTA!" e eu, na delicadeza, respondi com aquele olhar que todo mundo conhece bem ¬¬ "Me pergunta então qualquer merda dessa porra dessa carteira então!" Lá dentro na festa, propriamente dita, eu vi meu mundo se ALUMIAR! Cana brava pra tudo quanto é lado! Agradeci a Deus por aquele momento! No entando, o problema era chegar PERTO do balcão e conseguir pegar alguma coisa. Passamos quase 40 minutos esperando pela danada da Vodka com energético. MERDA de lugar open bar! Eu estava perdendo a paciência. A gente com esse tamanho todo, sendo espremidas pela multidão de bêbados. Batalhando, acotovelando, chutando e suando por birita. Pé de cana é fogo!
Depois do minúsculo copinho que divimos, mas que desceu REDONDO, a Delicada e a Ruiva já estavam no pagodão do lado de fora. Cantanto, berrando e mais uma vez, apontando pro céu. Foi só alegria. Logo depois, junta mais uma ao grupo! Amiga de dona Ruiva, participadora do blog, fez parte da trupe das bêbadas de plantão. "AMIGA, Ahazaremos! Vamos beber MAIS!" foi uma das primeiras frases ditas e..... de novo o problema: como chegar ao balcão .
Só que eu , Delicada, descobri a chave do negócio: de um bom charminho ninguém escapa. Utilizei da sensualidade para conseguir o que queria: birita! Senti que eu estava começando a me prostituir. Era mais rápido e mais forte do que eu e a frase célebre saía: "oi.. licença, dá pra vc encher o copo pra mim?" Sorrizinho meigo e piscadinha, recebeu o copo com cana, VAI EMBORA! Dei perdido em metade da festa. E dei achado em mais da outra metade, MAS nada se compara ao que a Ruiva me fez. Estavamos contando, disputando e sim PIRIGUETANDO! Os números não mentiram, eu tambme fiquei de cara com ela. UM BRINDE AO SENHOR! (dito por mim e pela Ruiva depois de mta cachaça! Apontando pro céu.)
Ontem, me senti multifuncional. Fui mãe de bêbado, detetive de bêbado (sim, a Ruiva me deu perdido por um tempão . Ficou eu e a amiga da Ruiva loucas atrás dela), motorista de bêbado e conselheira de MUITOS bêbados. E eu, depois disso, o sangue subiu, preocupação com a Ruiva a mil, desfiquei bêbada. Foi palha. Procurei mais cana e NÃO TINHA!
Saímos da festa, continuamos festejando, continuei festejando (de outra maneira, meninas: AHAZEI!). Vimos a bailarina UMA vez a festa toda. Deu perdido tb. E saímos apontando pro céu, com os pés de lama até na canela, com ar de LADY, como se estivêssemos ganho uma batalha.


3 comentários:

DanyZinha disse...

Só um desespero amoroso do nível de sexta-feira para transformar uma lady em piriguete por um dia. Piriguetei mesmo. Não por prazer, mas por despeito, por mágoa, pra me sentir com o ego inchado.
Eu vi a bailaria 3x, by the way.
Foi eletrizante! Mas hoje a pilha acabou e adivinha quem voltou ao normal? E adivinha que coração ainda dói de preocupação? É... nenhum copo de vodka com energético tira a essência de uma mulher...!
Obrigada pela noite de ontem, amiga!
=)

Babi Freitas disse...

Meninas de Deus!

Será que são de Deus mesmo??? hahaha

Não fui pro babado tão típico de moi, mas não fiquei pra trás nessa páscoa! hahaha

beijos
;)

Ivy disse...

ok???o que rolou aqui?minha páscoa foi de cultura e café no ccbb!heheh