segunda-feira, 16 de março de 2009

Sair com cafajestes - pros & cons

Meus dois últimos namorados foram príncipes encantados. Faziam fondue surpresa pra comer assistindo filme romântico, mandavam flores sem datas especiais, escreviam cartas de amor sem razão aparente, mandavam mensagem no celular só pra dizer que estavam com saudades.

Eis que depois que fiquei solteira, comecei a me meter com uns tipos não muito comuns na minha lista: os cafajestes. Depois que comecei a ler o blog Manual do Cafajeste comecei a identificar a espécie em larga escala na balada, até mesmo só de bater o olho.

Eles não fazem elogios do tipo "Belo sorriso" ou "Lindas pernas" ou "Que olhos!". Eles dizem coisas do tipo "Você tá uma tentação" ou "Adorei seu decote" ou "Essa fenda no seu vestido me mata". Quando você fica com um deles, eles não te abraçam com ternura ou olham nos seus olhos, mas puxam seu cabelo e te olham com cara de "te devoro". Eles não prometem nada, nem ligam no outro dia. Nem mesmo uma SMS. Mas quando te encontram no MSN, te procuram como quem não quer nada. Deixam claro que são seguidores da filosofia "Não sou de ninguém, eu sou de todo mundo e todo mundo é meu também". Na hora da pegação, não susurram "você é muito linda" no ouvido, mas soltam um bom "gostosa!" com a boca cheia!

Os prós de ficar com um cara desse naipe é que você com certeza sai dali se sentindo muito desejada e poderosa. É como se você, in some level, achasse que ele só diz essas coisas pra você. Você provavelmente terá uma boa pegação. Cafajestes geralmente tem muita pegada e são ótimos kissers. Provavelmente eles vão te fazer subir pelas paredes no quesito físico, mas depois você lembra dos cons...

É tão estranho reencontrá-lo e ele te tratar como se nada tivesse acontecido! Você tem certeza que tudo foi MARA na hora, mas mesmo assim ele não te liga, não demonstra nenhum interesse e não se importa em passear com outra na sua frente...! Você tenta não desejar aquela SMS de "adorei a noite passada!", mas no fundo, como toda mulher, você sente falta. Tenta relevar o fato de que ele deixou claro o que ele não queria, mas não consegue falar dele apenas como um ser físico e lembra dos momentos com carinho apesar da masculinidade bruta dele...! Sem contar com o momento em que você percebe que você passou da conta com eles e que às vezes um elogio carinhoso cai melhor que um puxão no cabelo bem dado...!

Ah, esses cafajestes, tão agridoces...!

7 comentários:

Babi Freitas disse...

Aaaaaah os cafas!!

Ando com saudade desse tipo, bons pegadores, ótimos elogios, ótimas recordações... só não vale se apx, mas se isso não rolar! Eles são os melhores amantes que uma mulher pode ter!

belo post
;)

Marcelo Pacote disse...

O post é muito malvado com os príncipes encantados! Há muitos deles com boa pegada por aí, viu? Te puxam o cabelo, te seguram com força e ainda enviam o danado do SMS por volta do horário do almoço, no dia seguinte, só pra fazer um charminho.

As mulheres evoluem. Os homens também.

Babi Freitas disse...

Conheço beeeeem esse Pacote ae...

Mari disse...

Reserva um desses pra mim, Pacote?!

DanyZinha disse...

outro pra mim hehehehe

Kérow disse...

os cafas sao muito é dos amargos pra mim e os docinhos são meio arco iris...quero um meio termo...tem?

Rodrigo disse...

belo post...

conseguiu descrever direitinho...

Kérow, o meio termo existe, eh soh saber decifrá-lo... Porém isso deve ser o mais dificil...