domingo, 10 de maio de 2009

Saldo de uma balada alternativa

FDS-fadado-ao-fracasso em Brasília. NADA pra fazer. Mais uma vez o desespero da possibilidade de ficar sábado à noite em casa ia batendo. Mas estávamos numa boa vibe, dessa vez. Dispostas a qualquer coisa barata e com alguma chance de ser boa. Ficamos num impasse danado a tarde toda, Ruiva e Loira, até que resolvemos acompanhar Kérow em sua baladinha cult no UK Brasil. Chamamos a Bailarina e a Platinada deu as caras. O bonde estava formado.

Delírios no trânsito: faltavam 4 minutos pro fim da entrada VIP - somos professoras, Goddamn it! - e a Loira me faz o favor de errar o caminho do local. Mas as good vibes nos acompanhavam e chegamos, aos 47 do segundo tempo. Ruiva, Loira e Platinada. Kérow já estava lá dentro, mas a Bailarina... poor dancer! Teve que desembolsar milhões de réis para entrar porque tinha esquecido a carteira de estudante - by the way, que merda de regrinha é essa?? - e já entrou na vibe "putaquepariu"! Porém, nada que uma cervejinha não resolva.

A música era muito boa! O ambiente cool...! Público bizarrinho, por outro lado. Tiozões e tiazonas, alternativos, homossexuais empolgados, sem muitos atrativos...

Confesso que fui ficando agoniada e cogitei cair pra pista de funk mais próxima, porém o fato de a Bailarina ter pagado tão caro pra entrar me convenceu a dar uma chance à balada alternativa...!

Vamos às bizarrices masculinas da noite:

1 - Um japonês me cantou loucamente. Claro que eu disse não. Um já basta! Estou transmitindo algum tipo de magnetismo para a comunidade nipônica?

2 - Fiquei com um cearense MUITO DOIDO. Junte-se ao fato de que ele havia consumido 3 copos de whisky e pronto. Do the math!

3 - Estávamos nós, Ruiva, Loira e Platinada, às 4:30 da manhã, a caminho do batmóvel, quando um carro passa por nós, pára e dá ré. Estávamos com uma mão já no sapato pra tirar o salto e correr, quando dois rapazes perguntam se queremos escolta. Eles nos escoltaram até o carro. De ré. Perguntaram se estávamos no UK. Nos cantaram. Ofereceram escolta até nossas humildes residências. Simplesmente non-sense!

Depois dessa, só nos restava parar no drive-thru mais próximo e preencher o estoque de carboidratos de nossos corpitchos. Damn...!

13 comentários:

Babi Freitas disse...

Eu amey esse sábado! Sem noção! hehehe

e vc não mencionou a pala do cearense ao momento de abraço fraterno entre nós duas!

"Putz, faz isso não!" vide cara de tarado

aiai

essa Brasília amada
;)

Mari disse...

pelo menos naum rolou um 0 X 0 pra vx, guriaaa!

os que eu tava paquerando neeeem vieram bater um papo... e os que vieram eh melhor naum comentar!

apesar dos muuuuitos reais a menos na minha carteira, eu ateh que curti!

=*~

DanyZinha disse...

no final foi divertido msm... a banda era otema, repertório arrasou! ehehehehe
ei, esse momentos "palas masculinas sobre momentos aparentemente homossexuais" nao valem a pena ser citados hehehehe

Kérow disse...

FOI MAAAAAAARRRAAA! minha balada cult nem deixa a desejar!!! IUAHUIAHIUAHIAUHAIUHIAUHIAU ARRAZAMOS SEMPRE JUNTAS! UHUL

Carol disse...

Hahahaha Tipo q sao exatamente essas noites que ficam na memória!!

Ah, e sobre o AuPair, já tenho familia! Vegas, baby ;)

Bjoss!

Marcelo Pacote disse...

Os depoimentos das senhoritas são sempre muito divertidos.

O universo feminino é simplesmente fascinante.

aluisio disse...

Sobre a ficada com o cearense, tenho uma duvida cruel
numa investida de balada qualquer, mulher liga para o sotaque do homem?

Porque os homens que conheço, amigos de bsb, não gostam muito de mulheres com sotaques exagerados...

Babi Freitas disse...

Aluisio > eu amoooo um sotaque nordestino, se for pernambucano melhor ainda!

já a nossa Dany querida prefere os sulistas, mas isso não impede de a gnt inverter os papeis de vez em quando! hahaha

Pra mim, pelo menos, sotaque nunca foi um problema!

;)

Se ferrando na Balada disse...

UK BRASIL é sempre uma surpresa...Vc pode ter uma excelente balada, como pode ter a pior balada da noite...

Sotaques sempre são bem vindos!Uma nordestina ou baiana sempre me faz a cabeça!

Coimentem la no nosso blog!
seferrandonabalada.blogspot.com

DanyZinha disse...

Aluisio -> eu confesso que algumas coisas que ele falava eu disparava a rir hahahauauahe
Maaas, isso nao impede nao, e o sotaque dele nem era tao forteee... hehehe ainda bem! Sotaque nordestino me broxa um poko, eu gosto msm eh de um sotake gaucho... hmmmm
hehehehe
bjos!
continue visitando! ;)

Mari disse...

Pois eu acho sotaques muuuuuuuuuuito fofooos!
Seja de onde for!

=*~

Sr. Sete disse...

Saldo...

Alguém falou de Saldo????

Então tá...

Parenta, saldo Positivo pra vc... De verdade.

E para todas (de mentirinha) estou de volta à blogosfera...

Babi Freitas disse...

Finalmente, né, Gui?!

Tava na hora de voltar, meu filho!
hahaha

beijos
;)