domingo, 8 de novembro de 2009

Devo?

Depois de muito tempo, venho postar no blog hj para falar de.... HOMEM! Soh que desta vez, não eh um homem qualquer, um cara que conheci um dia desses e que aprontou comigo. O cara sobre quem venho falar hj me conhece há mto tempo, 22 anos. Uma pessoa para a qual eu devo tudo que tenho, tudo que sou e tudo que eu serei um dia.

Devo. Devo? O fato dele ser meu pai lhe dá direito de falar o que bem entende, na hora que quer e, o pior, no tom que fala como se ridicularizando o outro?! A questão é dinheiro?! "Te sustento, logo faço o que quero!" ? Sustentar filho naum eh uma obrigação dos pais?! E desde quando isso lhe dá o direito de falar o que quiser, quando a mim soh me resta o direito de ficar calada?! Hierarquia de merda!

Relação complicada essa. Ora de amor, ora de ódio, oscilando entre os dois extremos de forma muito rápida, questão de segundos.

Ai chega! Naum quero mais falar.

2 comentários:

DanyZinha disse...

Ai Mari, eu super te entendo. Não tenho esse problema de dinheiro, mas muitas vezes é dificil contar com meu pai em coisas que realmente sao importantes pra mim e ele é incapaz de enxergar isso!
FODA! Mas familia eh assim msm...!

Babi Freitas disse...

Pensa que um dia (e ele não está muito distante) esse cara que acha que pode falar com vc no tom que bem quiser e o que quiser não vai mais precisar comprar desde seu arroz com feijão até o seu novo sapato!

E um dia ele vai ver que vcs são iguais de fato, só vivem fases diferentes da vida.

beijo
;)