sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

O PAMONHA

Na série, espécies de homens, aqui vai o primeiro, identificado em abundância na fauna brasileira.

Em mais um capítulo da minha nada pacata vida, fui ao forró ontem, mais uma vez. Casa cheia, mais mulher que homem, ainda assim, eu, carregando todo o positivimos do livro "O Segredo", pensei que ali poderia ser a oportunidade perfeita de passar para a última etapa da FOSSA: ficar com outro alguém.

Me foram apresentados dois candidatos em potencial. Chamemos o primeiro de Mr. Beautiful Smile e o outro, não encontro pseudônimo melhor que Mr. Slow. Logo após o dois beijinhos de praxe, Mr. Slow diz: "Você parece com a namorada do meu primo!". Ao qual eu respondo: "Isso é bom ou ruim?". Ele logo se enrola com uma frase maior que "ah...", que ele provavelmente achava que eu ia dizer e fala: "Ah... hmmm... sei lá, acho que é bom, ela é muito gente fina!"

Fui dar uma volta na busca por alguém pra dançar e alguns minutos depois, os dois se reaproximam. Mr. Slow me puxa pra dançar e logo ali descubro qual dos dois vai me ajudar a afogar as mágoas. O mancebo segurou minha cintura com firmeza, colou seu corpo no meu e me levou bailando para um lugar parecido com o paraíso, onde eu podia fechar os olhos sem medo de cair. Dancei também com Mr. Beautiful Smile que apesar de mais forte e musculoso, não tinha algo essencial: A PEGADA.

Mr. Slow e eu conversamos e forrozeamos a noite toda, e não demorou para eu identificar sinais estranhos. O primeiro sinal que me chamou atenção, foi a excessiva preocupação dele com o próprio suor. Se eu não estava incomodada, por que ele deveria estar: E o mais estranho, é que ele não suava tanto assim, suava normal! Nem "pizza" debaixo do braço tinha! Acho que ainda não estou preparada para lidar com esse negócio de metrosexualidade!

Daí então, todos da nossa "rodinha" começaram a perceber que tava rolando um clima entre nós dois. Alguns até jogavam umas indiretas em forma de piada, mas nada acontecia. Até que de repente, ele começou a perder seus pontos gradativamente. Conversa vai, conversa bem, ele disse com todas as palavras, como quem manda uma mensagem subliminar: "Eu não chego em ninguém. Se uma garota quer me beijar, ela tem que pedir." Eu achei até que tinha ouvido errado, disse: "Como é que é?! VocÊ tá bricando comigo né?!" E ele: "Não, é isso mesmo." Daí eu, já broxada, soltei uma gargalhada e disse: "Ai ai ai... é cada uma que me aparece, viu!"

Porém, do alto da minha compaixão e carência, resolvi mostrar para ele que não precisava ter medo de levar um toco. Ao dançarmos, deslizava minha mão pelo pescoço e costas dele, ao que ele respondia com agarradas na minha cintura e diversos "Vem cá, minha nega" com fungadas no cangote, dando sinais de que estava gostando dos meus moves, mas agir mesmo que é bom, nada.

The last straw
- vulgo fim da picada - foi quando eu e minhas amigas falávamos mal de um amigo que era muito devagar, e Mr. Slow se vira pra mim e diz: "Eu também sou muito devagar... né?!" Daí eu só arregalei os olhos como quem diz: "Né!!" e saí. Depois, ouvi dizer que Mr. Beautiful Smile disse para minha amiga que "se eu desse abertura", Mr. Slow chegava em mim. Agora, me digam, que outro tipo de abertura ele esperava?! A literal?! Oraaaa, faça-me o favor!!!

ABAIXO OS HOMENS PAMONHA!

6 comentários:

Kérow disse...

amiga.... de mr.slows da vida o de SACO CHEIO! 5 anos foram o bastante pra mim já! e nem é mais ABAIXO homens pamonha! Tem que rolar um exterminio generalizado! HEHEHEH caramba se acham d+! Somos o que? mamaezinha que vai levar almoço prontinho? vaiiiii lamber sabão...oraa bolas!

Sheilla A disse...

Realmente ontem foi a noite, notamos que em brasília a grande maioria é de homens pamonha!
Temos que fazer algo para mudar isso!

Babi Freitas disse...

Hahahaha

Dany anda sendo perseguida por homens-pamonhas, homem-que-latem-e-não-mordem...

Dias melhores virão!!!

ps: to em colapso completo e total!

Babi Freitas disse...

Homens-que-latem-e-não-mordem**

Flavia disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
normalissimo esse tipo! Ainda mais em forró!!!!
ai ai amigaaa.. a vida he assim msm... mais sempre tem um dia q vc tem mais sorte do q outros!!!
hahahahaha
to passadaaa!!!

bjoosss

Helga disse...

Oi, sou visitante paraquedista e adorei este post. Vim pelo blog do Cafa (um comentário seu).
Pelo que entendi do comentário da Sheila A vocês são de Bsb é? Porque se forem: concordo! Homem é tudo pamonha aqui no Quadradinho! Nunca vi! Só não gosto de sertanejas, mas não é possível que homens que chegam com atitude só estejam lá!! Bares aqui? Nem pensar. Difícil algum puxar um papo que seja (quem dirá decente).
Enfim, ótimo post. :P