sábado, 19 de março de 2016

Espécie em extinção

Eu não sei o que se passa na cabeça dos homens para que eles façam tantas deduções equivocadas a respeito das mulheres. Além da enorme quantidade de esteriótipos com os quais temos que lidar diariamente por conta do machismo, também temos que lidar com algumas situações bastante chatas - e que desconfio que o machismo também tenha influência nisso, mas vamos analisar friamente.

A pergunta é: de onde eles tiraram que a gente não aguenta sinceridade?

Durante esses 20 anos que estou no jogo do amor (brega só um pouco), eu ouvi tanta, mas tanta desculpa esfarrapada que até agora me choco com o vasto repertório e a tamanha cara de pau de repetir clichês para dar um fora em alguém. E não só eu, mas todas as mulheres com as quais convivo também estão de saco cheio. Afinal de contas, porque vocês não viram e simplesmente falam: "eu não quero mais"? Será que é tão difícil ser transparente e ter o mínimo de consideração pelo outro? Será que vocês acham que não aguentamos lidar com a verdade?

Às vezes acho que os homens gostam que a gente fique repetindo a frase "homem nenhum presta" porque eles não andam se esforçando muito para mudar a reputação manchada.

Diante de todas as desculpas esfarrapadas do mundo, o pior pra mim ainda é o tal do CHÁ DE SUMIÇO. Sério... para que isso? Será que é necessário agir como um moleque, se acovardar e desaparecer do mapa? Será que é melhor do que olhar no olho da outra pessoa e falar que não rola mais? Vocês acham mesmo que a gente prefere isso?

Ei, calma aí! Em nenhum momento eu disse que era super divertido levar um toco. Entretanto, menos divertido ainda é você ficar surtada imaginando o que aconteceu, se o sujeito morreu, se você fez alguma coisa de errado, se o celular dele caiu na privada, se foi abduzido, quando no fundo ele apenas não teve balls para te dizer "não".

Quantos homens ficam anos em relacionamentos falidos por pura falta de coragem de colocar um ponto final em algo que já não tem mais conserto? Quantos inventam histórias mirabolantes para tentar justificar um sumiço que só poderia ser explicado por coma ou morte, subestimando nossa inteligência, só para não ter que falar a verdade e nem parecer canalha?

Nunca vi uma mulher não querer ficar mais com um homem e simplesmente desaparecer. Geralmente temos a tal da conversa honesta e damos o toco. Não é agradável, mas traz paz de espírito e mostra que você tem respeito pela outra pessoa.

Já tá ficando chato, rapazeada. Já deu preguiça. Deixa a titia contar um segredo para vocês: a gente aguenta tomar toco. Dói? Sim. É chato? Demais. Vamos chorar? Provavelmente. Mas daqui uns 3 dias estamos conformadas e de cabeça erguida novamente, procurando mais sarna pra se coçar.

Portanto, peço encarecidamente, pelo amor de Deus, sejam homens com H e tenham a decência de ser verdadeiros e transparentes. Parem de falar coisas que não sentem, contar histórias que não aconteceram, inventar desculpas esfarrapadas e aprendam a lidar com as consequências dos seus atos. E se você não faz isso, mas tem amigos que fazem, dá um toque no brother aí. Manda ele largar de ser otário e enfrentar a vida com maturidade.

Definitivamente, homem sincero é uma espécie em extinção!

__________________________________________________________________________________________________________________________

PS: se você faz parte da minoria de homens que é sincero, por favor, não se ofenda à toa. O post é direcionado para quem não é. E é claro que também existem mulheres que não tem coragem de ser sinceras, mas a minha vivência é com os homens, então essa é a minha perspectiva.
E só lembrando que esse blog se baseia em generalizações, portanto, não precisa comentar se defendendo de algo que você não faz. Se você não se identificou com o comportamento descrito no post, parabéns, você faz parte da exceção.

Um comentário:

Pedra do Sertão disse...

Dia desses li para meus alunos o conto "O diário de Adão e Eva", de Mark Twain que apresenta uma visão bem interessante de como os homens não entendem a mulher desde o momento da criação.
Esse é um problema endêmico!

Abraço do Pedra

www.pedradosertao.blogspot.com.br