terça-feira, 10 de abril de 2012

Não existem sinais

Carrie Bradshaw e sua trupe já haviam cantando essa pedra em algum episódio de Sex and The City, mas nós, eternas românticas, continuamos acreditando neles: os sinais que os homens fazem. A verdade é que, leitoras amadas, ELES NÃO EXISTEM!

Ora, tenho 25 anos e uma experiência na área amorosa bem maior do que eu mesma gostaria de ter. Acreditem, já passei por tudo o que vocês possam imaginar com o sexo masculino. E só ontem, quando, depois de mais uma vez me iludir por sinais - que nem eram sinais - cheguei a uma conclusão tão óbvia, mas tão óbvia, que parece até brincadeira de mal-gosto: homens não mandam sinais.

Mulheres é que gostam desse joguinho. Têm medo de falar na lata certas coisas para o namorado/pretendente/peguete/encosto, e vive tentando mandar indiretas, sinais, mentiras, invenções, para chamar atenção do gajo ou tentar comunicar algo. E por tanto acreditar que isso dava certo, criamos a doce ilusão de que eles também mandam sinais o tempo todo. Não, eles não nos enganaram, nós mesmas nos enganamos.

Os homens são muito objetivos quando estão interessados em uma garota. Se ele está a fim, ele vai dar algum jeito de você saber disso. Sem deixar dúvidas. Ele provavelmente vai te chamar para sair, dar em cima de você na cara dura, se declarar. Ele não vai ficar mandando mensagens com duplo sentido. Ele não vai levar outras mulheres quando te encontrar para te fazer ciúmes. Ele não vai fazer massagem no seu ombro só para dar um jeito de tocar no seu corpo. Ele vai direto ao ponto.

Chega de ficar tentanto decifrar algo, onde não tem nada há ser decifrado. Se o cara está a fim de você mesmo, ele vai fazer acontecer, my friend. Chega de ficar passando mal pensando em mil possibilidades, mil significados para a frase "Onde tem um lugar bom para sair hoje?" [ele não está te chamando para sair, nem está prometendo te encontrar onde você estiver, ele só não tem nada para fazer e mandou uma mensagem para você, que adora balada, apenas para saber se tem algo de bom para fazer na cidade].

De repente seria uma bela hora para começarmos a agir da mesma forma, sermos mais sinceras, transparentes, corajosas. No games. No signs.

7 comentários:

Anônimo disse...

Hahahahah.
Na maioria das vezes é bem isso mesmo.
Seja mais objetiva, deixe de enrolação.
Sim, vai ter hora que ele vai fazer os joguinhos que você tanto gosta, mas isso é muuuuito oportunamente, e se o cara estiver numa vibe mais criativa, não o tempo inteiro.
[essa da mensagem perguntando do que tem de bom pra fazer foi exagero seu, hein!]

Anônimo disse...

Prima amei seu post..tá demais como escritora!!! No games..No signs...Curti demais...BjoBjo da Prima Mineira (Carol Araújo)

Rodrigo Maués Albuquerque disse...

Eu concordo!! Você mulheres deveriam ser mais diretas!!!

DanyZinha disse...

hahahahaha
Exagero meu, Anônimo 1? Sei la, melhor não se iludir achando que ele me mandou a msg pq quer alguma coisa comigo ne? Se ele quisesse algo mesmo, acredito que me chamaria para sair e pronto! Agora serei assim, mais objetiva e menos imaginativa, viu, Maués!
Priiiiiima, adorei você por aqui!
bjos

Dani disse...

Meu sonho de vida era ser mais "direta". Pena que eu acho isso praticamente impossível! :( Cultural? kakakaka

Vanessa Martins disse...

Ser mais objetiva !
Sempre.
Adorei o blog, e estou seguindo. beijos.

DanyZinha disse...

Sei la porque a gente tem tanto medo de ir direto ao ponto, Dani! acho que é pq sabemos que os homens se assustam com mulheres assim... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Vanessa, q bom q gostou! Obrigada por seguir, volte sempre!
bjos