segunda-feira, 3 de maio de 2010

Eis o derradeiro!

Olá meus caríssimos leitores(-as), companheiras de blog e de vida!


É este o último post da Loirinha, Babi, que vos fala desde o dia 25 de janeiro 2009. Me despeço desse espaço tão querido hoje, dia 3 de maio de 2010, de caso muito pensado. Não, não tive surto psicótico e quis acabar com tudo, também não estou com a minha vida amorosa/sexual feito uma lesma paralítica. Preguiça? Em partes. Desânimo? Talvez. Falta do que dizer? Jamais.


Como co-fundadora e co-criadora da idéia CT&B termino minha participação nesse espaço me justificando com um trecho de um e-mail que enviei as minhas colegas de blog, explicando o meu desejo e o porquê da minha saída:

"Para mim, o propósito desse espaço era não só contar minhas histórias com os homens, mas expressar minhas opiniões sobre relacionamento homem/mulher e assim ter algumas idéias debatidas, com um pouco de humor e pimenta, é claro! Mas pelo que notei, principalmente nos últimos tempos, é que o propósito se contorceu para alguns dos nossos leitores (que conhecemos ou não), aquele (esse) espaço deixou de ser uma reflexão sobre a vida de solteira e virou um Big Brother das quatro amigas de Brasília.

Não foi pra isso que eu comecei esse blog. Não é pra isso que eu quero continuar nesse blog.


Desisti de tentar me mostrar alguém sem preconceitos, com a mente mais relax em relação ao sexo e ao prazer (por prazer) feminino, coisas que os nossos homens fazem desde sempre, e acabar sendo tachada com adjetivos não muito lisonjeiros. Eu sei que a web é grande e todo mundo tem o direito de dizer o que quiser sobre qualquer coisa, por isso eu to jogando a toalha. 


Não quero mais expor a minha vida ali (aqui) sem ter um retorno legal, é perda de tempo. Vocês sabem que adooooro aquele (esse) espaço, que ele foi criado e cultivado com carinho. Mas os frutos dados são podres, desculpem-me os leitores bons e fiéis. Reli praticamente tudo nos últimos tempos e garanto que vou morrer de saudade."

Deixo, assim, meu querido CT&B que me deu tantas alegrias. Acho que bem me justifico. Saudades já sinto. Um beijo, uma laço e um abraço da Loirinha.
;)
___________________________________________________

Dizem que o medo e a dor
Fazem a gente aprender
A superar como for
Um mal de amor pra valer
Verbos e sonhos se vão
Deixando a mesma impressão
Não vale a pena viver por viver
Pelo seu amor, chorei
Pelo seu amor que essa alma se lançou
E o encanto bom que existe então chegou...

                                           Em Paz - Natiruts