quarta-feira, 27 de maio de 2009

Papo sujo


Como o primeiro post sobre sexo bombou aqui no blog, estou de volta – eu, a Loira – com mais um tema safadeeeeeeeenho. A votação ainda tá rolando aqui do lado direito e por favoooor, participem! E se é para felicidade geral da nação digo que os meus hotposts estarão aqui todas as quartas-feiras. =)

*A priori a coluna é minha, mas isso é totalmente estendível às minhas caras colegas de blog.


Apesar do escândalo macholino aí nos comentários sobre a questão da boquetagem, hoje o papo é um papo sujo: Dirty Talk!

Dizem que as mulheres não são nada fãs dessa prática, mas a verdade é que o tabu é maior que qualquer outra coisa. Nós fomos criadas para ter a primeira vez especial, com um cara que a gente goste e que na maioria dos casos são nossos namorados.

Querendo ou não grande parte das mulheres não faz sexo casual, fato que ocorre - uma vez ou outra - e, mesmo assim, quando a moça já está pegando o cara há algum tempo e almeja um namoro. Se as coisas são assim imagina como é para uma mulher dizer: mete sua pica grossa na minha b*ceta.

Se você é um homem safadeeenho e curte essa conversinha imoral ao pé do ouvido vou tentar mostrar como fazê-lo sem que a gatinha se ofenda ou caia na gargalhada.

1º passo – Durante a bebericagem marota pra ganhar a gata-garota não despeje um “Quero chupar sua b*ceta” na cara da moça, ela se chocará. Lembre-se: não fomos criadas para isso!

Seja sutil, diga que gostou da roupa porque valoriza uma parte específica do corpo dela.

Et le jeu commence...

2º passo – Feita a introdução da putaria-falada, espere o momento certo. Nada de dizer qualquer safadeza que seja longe da menina. Dirty talk é pra ser feita pertinho, no ouvido, de preferência seguida de uma mordida na orelha. Ui!

Chegando no carro, durante a pegação, comece a falar as tais sacanagens leves: “Você é muito gostosa” “Vontade de te apertar”...

Coisas leves, afinal de contas não estou narrando uma estratégia para casais que namoram e são íntimos.

Et le jeu augmente...

3º passo – Sintonia e intimidade, não tem como começar um papo sujo sem sentir que a menina se sente a vontade com a sua companhia. Se isso não houver, se você sentir que ela não tá lá super topando tudo que você propor, deixando você tomar as rédeas do momento NÃO FALE.

Pega mal, gajos! E isso é um fato incontestável. A gente não curte esse lance todo se não houver sintonia. Mas, se a moça responder aos estímulos ou até mesmo começá-los, se joga, garoto!

Et le jeu pornographique est là...

4º passo – Nunca, jamás, mai diga “Bato p*nheta pensando em você”, “Sua xana molhadinha é uma delícia” ou qualquer coisa do gênero depois do sexo. O momento e o feeling já passaram, a menina só quer ser abraçada ou ficar do ladinho conversando.

Et le jeu avec ta bite...

Enfim, meninos e meninas do meu Brasil varonil, dirty talk é muito pessoal. Há quem goste e quem odeie. Sei de Cafas que acreditam que sexo deve ser feito e não falado.

Para mim sexo deve ser bem feito e falado. Mas é necessário envolvimento, um tesão no Olimpo, as duas partes devem estar em sintonia. Certos caras, com certos instrumentos, em certos lugares e com a excitação certa pede um “Me enfia gostoso”.

Lembrete importante, gajos! Chamar a gata-garota de vadia, puta, safada e sinônimos não é legal mesmo! Isso é coisa de casal de namorados que tem uma puta afinidade e uma cama pegando fogo.

Meu conselho é: sente a vibe, caso contrario sii zito che ci sarà meglio.


Beijos and have a good sex

;)

____________________________

E você? Curte falar durante o sexo?

Para ler ouvindo: Yelle - Ce jeu

13 comentários:

Mari disse...

Digamos que eu naum me sinta a vontade com uma dirty talk desse nível, como foi citado aí!

Mais excitante que isso são aquelas frases ditas ao pé do ouvido que deixam bem claro o quão bom tudo aquilo está! Ó, show total! ;P

Babi Freitas disse...

E a Mari entra no time da maioria das meninas > nada de dirty talk!

Carol disse...

"Dirty talk é pra ser feita pertinho, no ouvido, de preferência seguida de uma mordida na orelha". Babi, esse seu post ficou mara!

Espero que os 'sem-noção' desse mundo leiam isso!hahaha

Bjoss!

Babi Freitas disse...

Carol > Brigada! Fiquei até sem jeito ^^'

Aline disse...

Certamente mandarei isso para todos os assim chamados e bem definidos pela colega aí, "sem noção"!

Mais uma vez, parabéns pelo blog!

Duarte.

Carlos disse...

Dirty Talk é tosco da primeira vez, mas dpois que vc se acostuma, se deixa levar pela fantasia do momento é uma delicia, ajuda a apimentar, aumentar a intimidade e tudo pode ficar ainda melhor!

Marcelo Pacote disse...

Mocinha,

Valeu pelas dicas. Nada melhor que uma voz feminina pra dizer como as coisas realmente funcionam. Em tempo, saiba que esse lance de dirty talk dá um Te*** danado :)

Aluísio disse...

vai por min, não arrisque dirty talk logo de cara, nos famosos 'one night stand'=D

agora se vc estiver ficando com a menina a um certo tempo, com uma intimidade já aflorada, ai sim vale a pena =]

a bagaceira pega fogo...

Babi Freitas disse...

É disso que eu to falando Aluísio!
hehehehe

;)

Luana Polónia disse...

Okay! Dirt Talk doesn't rocks!
ahaha
Tá, depende.. Tem que ser de leve.. safadhenha e bunitinha ao mesmo tempo! ahaha
Um 'como vc é gostosa' é perfeito! ahaha

Kérow disse...

Nao sou mto fã de dirty talk nem antes e nem durante sexo....sou a favor do FAÇA e cale a boca!

Ivy disse...

me like it!!!
verry good, verry nice!

hahahah

Se ferrando na Balada disse...

Dirty talk é uma ferramenta que aumenta o tesao da hora h. Tem que saber o perfil da pessoa pra vc adotar o dirty talk...Para uns eh excitante e para outros brochante.